CategoriesCuriosidades

Goiabadas de Minas e a Origem do Romeu e Julieta

banner

 

Entre Montecchios e Capuletos, que tinham tudo para rivalizar nos contrastantes sabores de doce e salgado, eles acabaram se apaixonando, criando um pacto Shakespeariano clássico onde os opostos se atraem.

Mas espere um momento! Você sabia que foi o desenhista Maurício de Souza, lá nos anos 60, o responsável pelo nome dessa combinação da goiabada com queijo? Segunda a pesquisa do blog da Valentina, uma campanha da marca de goiabada Cica tinha na sua embalagem a Mônica e o Cebolinha interpretando os personagens de Shakespeare, desde então o nome pegou, e a tradicional sobremesa mineira começou a ser chamada dessa forma.

Goiabada-Cica

Aqui separamos as melhores goiabadas de Minas que escolhemos para nossa loja, produzidas com pouco açúcar, muita goiaba, e modo artesanal de fazer no tacho de cobre. Veja as características de cada uma:

Goiabadas Zélia

zelia

A Goiabada Zélia mantém receita caseira e tradicional e é a mais antiga de Ponte Nova, a Capital Nacional da Goiabada. Os ingredientes levam apenas goiaba vermelha e açúcar, feita com a casca da goiaba Paloma, em tacho de cobre e no fogão à lenha. O doce fica cremoso na medida certa. Tem gostinho de goiaba natural, cremosa e pedaçuda, sem tanto açúcar assim. Veja as opções nesse link.

Goiabadas da Christy

christy

 

A receita passou de geração a geração há cerca de 90 anos, até que a pequena produção caseira acabou se tornando um negócio de sucesso. Goiabada cascão 100% natural, feita com frutas de qualidade e muito bem selecionadas, e assim como a Zélia, tem nos formatos em latas cremosas ou em barras, e também é fabricada na região de Ponte Nova, cidade onde nascem as goiabas naturalmente mais doces do Brasil. Veja as opções nesse link.

Goiabadas de São Gonçalo

sao-goncalo

Essas goiabadas são em barra para corte. Produzido com goiabas frescas, e açúcar.  A consistência é firme e viscosa.

Acompanha uma bela caixinha de madeira, como os doces de São Gonçalo eram armazenados antigamente e mantém a tradição até hoje. Confira nesse link.

Goiabadas Zero Açúcar

zero-acucar

 

Essa é para aqueles que não podem com açúcar de jeito nenhum, tem consistencia firme e pouco adoçada com Splenda. Confira aqui.

Goiabada na Marmitinha com Xitão

marmita

A melhor embalagem para presente, sem dúvida alguma, bem típico de Minas e bem acondicionada numa marmitinha de alumínio envolta no pedaço de xitão. O doce la dentro vem em barra mais firme e viscosa, para partir com a faca. Confira aqui.

Goiabadas da Reserva de Minas

colher

A Reserva de Minas fica bem no sul de Minas, na cidade de Machado, e já faz muitas variedades de doces. A goiabada é um dos carros chefes da empresa e tem tanto em compota cremosa e pura ou misturada com doce de leite, para comer de colher, quanto em barras no formato cascão pedaçuda, para partir com a faca. Confira as variedades aqui.

 

Tem alguma goiabada que você gosta mas não encontrou no nosso site e gostaria de indicar? Conta pra gente! Envie uma mensagem no nosso formulário de Contatos ou envie um e-mail para contato@docesdeminas.com.

1 Comentário

  1. Olá! Adorei o post! Parabéns! E agradeço por ter citado a minha pesquisa para o blog da Valentina Mag. Um grande abraço! Acompanharei tudo por aqui! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *