10 Dicas de como cuidar do Queijo Catauá, Canastra e Imperial

salitre-2

Apesar de serem queijos bem distintos, o modo básico de tratamento e armazenamento é praticamente igual para todos. Veja só:

1.

Precisa ter muita atenção com aqueles mais gordurosos que “suam” a gordura com o tempo, nesse caso o Catauá e o Canastra tem essa característica enquanto o da Serra do Salitre é protegido pela resina que não o deixa suar e melar todo.

2.

Ao receber seu queijo, retire-o de qualquer tipo de embalagem que ele tiver, seja papel ou plástico. Assim você libera ele para “respirar” e deixa as bactérias evoluirem.

3.

Caso o seu queijo crie mofo na casca enquanto estiver curando fora da geladeira, coloque-o embaixo da torneira com água quente e esfregue suavemente sal grosso ou use o lado amarelo de uma bucha nova até ir saindo o máximo que der do mofo. No caso do queijo da Serra do Salitre que possui uma camada de resina, você não precisa se preocupar tanto porque ela será descascada mesmo na hora de comer o queijo, mas se quiser deixa-la bonita mais tempo fechada, não esfregue muito porque a cor da resina vai saindo. Com o passar das semanas caso apareça mais alguns focos de mofo você pode repetir a limpeza leve pra esse mofo não acumular muito.

cataua

4.

Seque sempre com papel toalha ou pano de prato novo limpo, e depois deixa secar escorrendo. sem cobrir ou abafar a peça.

5.

Para armazenar, o mais indicado é um ambiente fresco com boa circulação e protegido com tela contra insetos, calor e umidade em excesso. As caixinhas de cura são uma boa opção para armazenar e transporta-los facilmente,  e fica muito charmosa na decoração da cozinha.

captura-de-tela-2016-09-20-as-09-47-54

6.

A cada 3 dias vire o queijo para aliviar a pressão do outro lado e deixa-lo “respirar” também. Sempre deixe o queijo em um local plano, de preferência madeira porque permite a parte de baixo respirar um pouco também. Nunca armazene em pé, de lado ou com algo em cima dele.

7.

Após partir o queijo seu processo de cura acelera praticamente o dobro, ou triplo do tempo. O queijo fica mais exposto e a tendência é endurecer mais todo o volume dele, ao invés da peça inteira que segue um padrão de endurecer de fora para dentro, deixando o centro do queijo mais macio e cremoso.

8.

Não deixe nenhum queijo com algo em cima, nem mesmo outro queijo, principalmente o queijo Imperial da Serra do Salitre que possui a resina preta ou amarela: com o tempo a resina cola na superfície de contato e quando você puxar o queijo ela vai descolar dele fazendo aquele estrago.

9.

Se o queijo ficar tempo demais curando, mais dura que pedra e não se sentir bem em consumir puro, você sempre poderá aproveita-lo para ralar e fazer um autêntico pão de queijo com queijo artesanal! =)

10.

Se você quer “frear” o processo de cura do queijo, o tempo que as bactérias estão agindo, você pode leva-lo a geladeira sim, mas antes embrulhe-o num papel manteiga e depois em plástico filme, sem apertar muito, dessa forma ele não pega cheiro e gosto da geladeira e nem resseca muito. Antes de consumir o queijo curado armazenado na geladeira dessa forma, é melhor retirar de lá uns 30 minutos antes pra ele atingir uma temperatura ambiente.

canastra

8 replies on “10 Dicas de como cuidar do Queijo Catauá, Canastra e Imperial

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *